Percam-se na Lua


Não somos nada. Lembras-te do sitio onde estiveste antes de nascer? Provavelmente é para lá que vais quando morreres.

Existem várias maneiras de viver e garanto-vos que nenhuma é correta.
Há uma exigência extrema da procura pela felicidade. Mas qual felicidade? Desde quando pudemos achar que somos mais felizes se formos outras pessoas? Que imitando a vida de quem partilha felicidade nas redes seremos mais felizes?

A felicidade é uma ilusão criada por nós, através da observação daqueles que afirmamos que são felizes sem saber um terço do que habita dentro deles. Ela está presente no facebook, instagram, nas novelas, nos filmes, nas series, nos livros, tudo nos leva à procura do inalcançável e é aqui que é necessário o filtro.

A felicidade é um momento, é um instante, que se pode prolongar num curto espaço de tempo e é a não compreensão disto que esgota o Homem. É necessário uma conquista continua, e uma percepção clara que, ou se luta constantemente por ela, ou se aceita que  não estamos aqui só para ser felizes. É preciso viver!


Acima de tudo, é preciso perdermo-nos na Lua para saber o que é viver na Terra.

Há momentos em que temos que desligar a realidade, sem nunca nos desligarmos do mundo. É preciso sair da caixa, respirar, ver para além de tudo o que achamos que já vimos. Viajar sem sair do sitio, imaginar o impossível, desejar o inalcançável, simular sentimentos. A vida é um fardo demasiado pesado quando levada a sério.

Não queiram todas as respostas, não se esgotem a procura de culpados. Vivam, aceitem, lutem, e acima de tudo, percam-se na Lua.

Comentários

  1. É só mais um texto que dá para pensar. Venho aqui e reflito nas tuas palavras e realmente é raro ler textos com tanta objectividade. Eu adoro ♡

    ResponderEliminar
  2. Que palavras lindíssimas minha querida, gostei imenso <3

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  3. Bom texto ;)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado :3 Adianto-te já que não dói nada!! :)

    Já não é a primeira vez que to digo nem será, certamente, a última. Adoro a forma como escreves. Mesmo!!! Que delicioso foi ler este teu texto!

    NEW REVIEW POST | Keratin Hair Finisher, Does It Work?
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  5. Inês, minha linda, acredito que as redes sociais, ao mesmo tempo em que nos conectam rapidamente ao mundo – face a um intercâmbio onde as pessoas se presentificam instantaneamente ao nosso olhar - também nos mantém afastados, tendo em vista a incessante busca do ser humano para alguma coisa que ele julga estar além de si mesmo. A conquista do outro é sempre a mais bem sucedida, o sonho do outro é sempre o mais promissor, e com isto ficamos à deriva, esperando que o outro nos aponte um caminho, buscando no outro as diretrizes, e nos esquecemos de ser timoneiros do nosso próprio barco, de colocarmos um enredo na nossa própria história. E com isto, minha amiga, vamos perdendo o encantamento e deixando de viver as coisas simples da vida, como contemplar um belo pôr-do-sol, ou o seu amanhecer, ouvir o som doce de um regato a cantar, nos extasiar ante uma lua a passear na amplidão azul, cercada por mimosas estrelas, ouvir o canto matutino de um pássaro, admirar um rostinho infantil, seu olhar aguçado de curiosidade, seu terno sorriso ante as coisas mais simples... Ah, minha amiga, acredito que aquilo que tu chamas de “perder-se na lua” seja a contemplação pura e simples do nosso olhar para as coisas singelas da vida, que é onde vamos nos energizar para as coisas sérias que temos de enfrentar ao longo da jornada. Por vezes sufocamos dentro de nós aquele ser que um dia se fez independente, que sonhou para além das estrelas, que guiou os passos na senda da esperança, mas que deixamos perdido dentro de nós quando ingressamos num mundo competitivo, num mundo de cobranças, num vasto mundo onde passamos a acreditar que o outro teve melhores oportunidades, que o outro de certa forma vive a vida que gostaríamos de viver. E nos esquecemos de que tudo depende de nós, da nossa vontade de contemplar o nosso interior, rico, poderoso, mas que enterramos no frenesi de uma busca aqui de fora sem atentar que o importante é este “perder-se na lua”, resgatar os nossos sonhos, refazer os nossos passos... Colocar nos eixos a nossa própria história.
    Minha amiga, acho que me perdi no teu texo, na tua contemplação, rs. Gosto de textos assim, reflexivos, que nos convidam a um olhar mais profundo. Grata por esta oportunidade!
    Desejo que o teu final de semana seja preenchido com a oportunidade de enfeitar o olhar de coisas simples, porém poéticas e produtivas, que irá certamente trazer a energia necessária para os dias da semana. Que tu possas “se perder na lua” e enfeitar-se de sorrisos e estrelas, tão necessários neste nosso caminhar pela vida.
    Um beijo no coração, com meu carinho,
    Helena

    ResponderEliminar
  6. É um tema que dá tanto que pensar, adorei as palavras <3
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  7. Texto maravilhoso! É mesmo preciso é viver!
    beijinhos
    https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Tão verdade, não há melhor conselho! Adorei o texto :)
    LA VEINE

    ResponderEliminar
  9. Great post, Darling! ! <3
    I'd be happy friendship blogs ♥ I subscribed to your Blogger
    Julia Shkvo

    ResponderEliminar
  10. Belíssimo texto! Estamos sempre e sempre em busca da felicidade, e é como você disse, a felicidade é um instante. Por isso temos que dar valor as pequenas coisas e momentos que nos fazem bem, isso nos dá força para aguentar os dias não tão bons assim. Adorei :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Belo post para colocar uma pessoa a reflectir sobre a forma como encara a vida!

    ResponderEliminar
  12. Olá, Inês!

    Quero comunicar-te que a Helena, tua amiga e comentadora, acima, foi, hoje, de manhã, submetida a uma inesperada e mto delicada cirurgia. Peço-te k passes por lá, por favor e que deixes umas palavrinhas.

    Beijos e mto te agradeço.

    ResponderEliminar
  13. Olá, Inês!

    Mto agradeço as tuas bonitas palavras no blogue da Leninha!

    Beijinhos e bfds.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares