Tudo o que vem, também vai!


Não sei porquê, mas hoje o sol fez questão de ser o meu despertador matinal.
Mais um dia que se levantou e eu acordei, mais uma vez, sem ti a meu lado.
O tempo está a esgotar-se e eu sei que nunca te direi o quanto te quero.
Queria acordar, ter-te junto e a mim e ponto.
Não posso dizer que tenho saudades porque nunca te tive ao certo, mas tenho um desejo negado de te ter aqui! Porém, uma das coisas que a vida já me ensinou é que tudo o que vem, vai. É como este sentimento: está cá, mas sei que um dia vou acordar e já não te quero, aqui, a meu lado…e acho que esse dia é amanhã!

12 comentários:

  1. Mas eu acho que mudar é o melhor neste momento :s

    ResponderEliminar
  2. Acho que acho que sim :s Obrigada, princesa!

    ResponderEliminar
  3. é triste saber que as outras pessoas me compreendem, porque é uma situação muito complicada que muitos passam :s espero que tenhas razão e encontrar essas forças, obrigada!

    ResponderEliminar
  4. és uma fofinha inês * (:
    fico muito feliz por saber que pessoas como tu gostam do que escrevo .
    O teu blog é tão ou até mais bonito que o meu, tens imenso jeito *.*

    ResponderEliminar
  5. ó isso não é verdade .
    o teu blog é muito bonito .. não estou a dizer isto só para agradar, acredita (:

    ResponderEliminar
  6. adorei tanto, a sério :) "Mais um dia que se levantou e eu acordei, mais uma vez, sem ti a meu lado.
    O tempo está a esgotar-se e eu sei que nunca te direi o quanto te quero.
    Queria acordar, ter-te junto e a mim e ponto." ficou lindo!

    ResponderEliminar
  7. oh ines, estame a escapar algo ou anda Homem a solta? xD
    que profundo!! adorei *.*

    ResponderEliminar